Páginas

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

A VIOLÊNCIA E A MALDADE EM CINQUENTA FRASES.

Honoré de Balzac (1799-1850)
O prazer é o grande incentivo para o mal. (Platão)   

O poder é a escola do crime. (William Shakespeare) 

A covardia é a mãe da crueldade. (Michel de Montaigne)

A violência é a parteira da história. (Karl Marx)

Não há mal que não traga um pouco de bem, e por isso é que o mal é útil, muita vez indispensável, alguma vez delicioso. (Machado de Assis)

Quando se esfola um cliente deve-se deixar que alguma pele cresça no lugar, para que se possa esfolá-lo de novo. (Nikita Kruschev)

Não entendo como alguns escolhem o crime, quando há tantas maneiras legais de ser desonesto. (Laurence J. Peters)

Qual é o pior crime: assaltar um banco ou fundar um banco? (Bertolt Brecht)

A sociedade se compõe de duas classes; uma que tem mais apetite que jantares e outra que tem mais jantares que apetite. (Nicolas Chamfort)

Um monge e um açougueiro brigam no interior de cada desejo. (Emil Cioran)

Eu bem que gostaria de requerer a concessão para operar uma guilhotina. Mas, e os impostos sobre os benefícios? (Karl Kraus)

Joseph Conrad, nascido Józef Teodor
Natecz Korzeniowski, (1857-1924)
Devemos perdoar os inimigos – mas nunca antes deles serem enforcados. (Henrich Heine)

As pessoas boas dormem muito melhor à noite que as pessoas más. Claro, durante o dia as pessoas más se divertem muito mais. (Woody Allen)

O crime é a extensão lógica de um tipo de comportamento perfeitamente respeitável no mundo dos negócios. (Robert Rice)

Existem dois modos de combater; um com as leis, outro com a força. O primeiro é próprio do homem, o segundo, dos animais; mas, como o primeiro modo muitas vezes não é suficiente, convém recorrer ao segundo. (Nicolau Maquiavel)

Pessoas do mesmo ramo raramente se reúnem para se divertir. Quando o fazem, sob o manto do lazer, a conversa termina numa conspiração contra o público. Geralmente, num conluio para aumentar o preço do consumidor ou abaixar o preço do fornecedor. (Adam Smith)

Em todos os movimentos e cruzadas, é justamente o psicopata que se torna o líder. (Robert Lindner)

A primeira lei da economia é a escassez: nunca há o suficiente de coisa alguma para satisfazer plenamente todos que a querem. A primeira lição da política é desconsiderar a primeira lição da economia. (Thomas Sowell)

O crime não compensa? E de que é que vivem carcereiros, policiais, fabricantes de cofres, advogados e juízes? (Millôr Fernandes)

Por trás de uma grande fortuna há um crime. (Honoré de Balzac)

Eugen Bertholt Friedrich Brecht
(1898-1956)
Não há nada pior que o ressentimento dos medíocres. (Jorge Luis Borges)

Amor, amizade e respeito não unem as pessoas da mesma forma que o ódio comum a alguma coisa. (Anton Tchekhov)

Quando há sangue nas ruas, está na hora de comprar imóveis. (Barão de Rothschild)

Não é o criminoso que ganha com o crime; são os jornais. (Lima Barreto)

Cada vez que preencho um cargo faço cem descontentes e um ingrato. (Luis XIV)

Quando um homem quer matar um tigre, chama a isso de esporte; quando é o tigre que quer matá-lo, chama a isso de ferocidade. A distinção entre crime e justiça não é muito grande (George Bernard Shaw)

Um crime bem sucedido e favorecido pela sorte é chamado de virtude. (Sêneca)

A crença em uma origem sobrenatural da maldade não é necessária. Os homens sozinhos são capazes de qualquer maldade. (Joseph Conrad)

Se quisermos prevenir a violência, não precisamos de menos democracia. Precisamos de mais. (Frederic Wertham)

No pessimista se combinam uma bondade ineficaz e uma maldade insatisfeita. (Emil Cioran)

Alexandre Dumas, pére (1802-1870)
Muitas vezes fazemos o bem para impunemente podermos fazer o mal. (François de La Rochefoucauld)

Todos os homens são fraudes. A única diferença é que alguns admitem isso. Eu mesmo nego. (Henry Louis Mencken)

 Há uma exuberância na bondade que parece ser maldade. (Friedrich Nietzsche)

As pessoas não só aceitam a violência quando perpetuada pela autoridade legítima, como aceitam como legítima a violência contra certas espécies de pessoas, não importa quem a cometa. (Edgar Z. Friedenberg)

A perspicácia da polícia é o dom de considerar todo homem capaz de um furto, e a sorte é que a inocência de muitos não pode ser provada. (Karl Kraus)

A tortura é uma invenção maravilhosa e muito segura de perder um inocente de saúde fraca e salvar um culpado que nasceu robusto. (Jean de La Bruyère)

Há muito tempo cheguei à conclusão de que quase todo crime se deve a um desejo reprimido de expressão estética. (Evelyn Waugh)

O crime de pensar não implica na morte. O crime de pensar é a própria morte (George Orwell)

Mais violência por parte da sociedade gerará mais violência daqueles que ela não consegue controlar. (Karl Menninger)

Emil Cioran (1911-1995)
O médico vê o homem em toda a sua fraqueza; o jurista o vê em toda a sua maldade; o teólogo, em toda a sua imbecilidade. (Arthur Schopenhauer)

Todo crime é vulgar, da mesma maneira que toda vulgaridade é crime. (Oscar Wilde)

O mais irritante no amor é que se trata de um crime que exige um cúmplice. (Charles Baudelaire)

Não é que o crime não compensa. É que, quando compensa, muda de nome. (Millôr Fernandes)

Há serviços tão grandes que só podem ser pagos com a ingratidão. (Alexandre Dumas, père)

O crime do futuro é a fraude. Ele vai exigir maturidade, organização e grande domínio de computação. (Igor Melville)

Como devem temer o castigo aqueles que não perdoam a seus inimigos. (Padre António Vieira)

Adam Smith (1723-1790)
A ambição universal dos homens é viver colhendo o que nunca plantaram. (Adam Smith)

O tambor faz muito barulho, mas é vazio por dentro. (Barão de Itararé)

Vinte mentiras fazem uma verdade. (Benito Mussolini)

Detesto as vítimas que respeitam seus carrascos. (Jean-Paul Sartre)

Nenhum comentário:

Postar um comentário