Páginas

terça-feira, 31 de março de 2015

OS FILÓSOFOS GREGOS E CINQUENTA FRASES QUE LHES SÃO ATRIBUÍDAS

A democracia é o governo nas mãos de homens de baixa extração, sem posses e com empregos vulgares. (Aristóteles)

– Meu conselho é que se case. Se conseguires uma boa esposa, serás feliz; se ela for uma péssima esposa, serás filósofo. (Sócrates)

O sábio fala porque tem alguma coisa para dizer; o tolo porque tem que dizer alguma coisa. (Platão)

– Esperes de teu filho o que fizestes com teu pai. (Tales de Mileto)

Só é verdadeiramente livre quem está sempre pronto para morrer. (Diógenes de Sinope)

– Se o problema possui solução, não devemos nos preocupar com ele. E se não possui solução, de nada adianta nos preocuparmos. (Epiteto)

Não se pode percorrer duas vezes o mesmo rio e não se pode tocar duas vezes uma substancia mortal no mesmo estado; por causa da impetuosidade e da velocidade da mutação, esta se dispersa e se recolhe, vem e vai. (Heráclito de Éfeso)

– Os grandes navegadores devem sua reputação aos temporais e às tempestades. (Epicuro)

De todos aqueles que se consideram felizes, não há um que o seja. (Anaxágoras)

– O tempo é o mais sábio dos conselheiros. (Plutarco)

Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz. (Platão)

– A guerra é mãe e rainha de todas as coisas; alguns transforma em deuses, outros, em homens; de alguns faz escravos, de outros, homens livres. (Heráclito de Éfeso)

O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz. (Aristóteles)

– Deve-se temer mais o amor de uma mulher do que o ódio de um homem. (Sócrates)

Não sabemos escolher o que nos trará felicidade. E o que queremos nem sempre é o que precisamos. (Epicuro)

– Não há ninguém, mesmo sem cultura, que não torne poeta quando o amor toma conta dele. (Platão)

A esperança é o único bem comum a todos os homens; aqueles que nada mais têm – ainda a possuem. (Tales de Mileto)

– Encontrar defeito é fácil, mas fazer melhor pode ser difícil. (Plutarco)

Dura é a luta contra o desejo – que compra o que quer à custa da alma. (Heráclito de Éfeso)

– A morte é nada para nós, pois, quando existimos, não existe a morte, e quando existe a morte, não existimos mais. (Epicuro)

Se o corpo chamasse a alma perante a justiça, ele a convenceria facilmente de má administração. (Diógenes de Sinope)

– É um homem sensato aquele que não lamenta pelo que não têm, mas se alegra pelo que tem. (Epiteto)

O prazer é o grande incentivo para o mal. (Platão)

– Uma vez igualadas aos homens, as mulheres se tornam seus superiores. (Sócrates)

O sábio procura a ausência de dor e não o prazer. (Aristóteles)

– Queres ser rico? Não se preocupe em aumentar os teus bens, diminua tua cobiça (Epicuro)

Muitas palavras não indicam necessariamente muita sabedoria. (Tales de Mileto)

– Nada é tão flexível como a língua de uma mulher, nada é tão pérfido como seus remorsos, nada é mais terrível do que a sua maldade, nada é mais sensível do que as suas lágrimas. (Plutarco)

É estupidez pedir aos deuses aquilo que se pode conseguir sozinho. (Epicuro)

– Procura limpar a vasilha antes de lançar nela seja o que for; quer dizer, antes de pregar a virtude, reforma os teus costumes. (Epiteto)

O que faz o barco navegar não é a vela enfunada e sim o vento que não se vê. (Platão)

– A educação tem raízes amargas, mas seus frutos são doces. (Aristóteles)

Sábio é aquele que conhece os limites da própria ignorância. (Sócrates)

– Paremos de indagar o que o futuro nos reserva e recebamos como um presente o que quer que nos traga o dia de hoje. (Heráclito de Éfeso)

Qualquer argumentação filosófica que não tenha como preocupação principal abordar terapeuticamente o sofrimento humano é inútil. (Epicuro)

– Toma para ti o conselho que dá aos outros. (Tales de Mileto)

Uma alegria tumultuosa anuncia uma felicidade medíocre e breve. (Plutarco)

– As pessoas felizes lembram o passado com gratidão, alegram-se com o presente e encaram o futuro sem medo. (Epicuro)

Devemos ter amigos que nos ensinem o bem; e perversos e cruéis inimigos, que nos impeçam de praticar o mal. (Diógenes de Sinope)

– A tua tarefa é a de representares corretamente a personagem que te foi confiada. Quanto a escolhê-la, depende de outro. (Epiteto)

O homem é um bípede sem plumas. (Platão)

– Na casa de um rico não há lugar para se cuspir, exceto em sua cara. (Diógenes de Sinope)

Nunca existiu uma grande inteligência sem uma veia de loucura. (Aristóteles)

– Nunca se protele o filosofar quando se é jovem, nem canse de o fazer quando é velho, pois ninguém é pouco maduro ou demasiado experiente para conquistar a saúde da alma. (Epicuro)

Procure sempre uma ocupação. Quando a tiver não pense em outra coisa além de exercê-la com competência. (Tales de Mileto)

– Nada é permanente, exceto a mudança. (Heráclito de Éfeso)

A amizade e a lealdade residem numa identidade de almas raramente encontrada. (Epicuro)

– Muitas palavras não indicam necessariamente muita sabedoria. (Tales de Mileto)

O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete. (Aristóteles)

– O ideal do casamento é que a mulher seja cega e o homem surdo. (Sócrates)

Nenhum comentário:

Postar um comentário